sexta-feira, 2 de dezembro de 2016

Mulher tem 80% do corpo queimado em incêndio em Araripina



Maria Luíza dos Santos Silva, de 33 anos, ficou com cerca de 80% do corpo queimado após um incêndio em sua residência na madrugada de quinta-feira (1º). O fato aconteceu na Vila Serranea I, zona rural de Araripina.
De acordo com a Polícia Civil, o incêndio teria sido provocado pelo seu companheiro, Joel Luiz de Souza, de 32 anos, durante uma discussão entre os dois. O homem teria colocado fogo no colchão do quarto e as chamas se espalharam rapidamente. A mulher tentou pegar alguns pertences e ficou ferida.
Ela foi socorrida pelo Corpo de Bombeiros para o hospital em Ouricuri, também no Sertão do estado. O estado de saúde da vítima não foi informado pelo hospital. O companheiro da mulher foi preso e será encaminhado para uma audiência de custódia em Ouricuri.
Fonte: (Blog do Cariri)
Da Redação do Blog Paulo Benjeri
PUBLICIDADE

Diplomação de prefeitos e vereadores de Ouricuri, Santa Cruz e Santa Filomena aconteceu hoje, sexta-feira


Aconteceu nesta sexta-feira, 02 de dezembro às 10 horas da amanhã a diplomação dos candidatos eleitos nas eleições de 2016 para prefeito, e seus respectivos vices, vereadores e suplentes.
A solenidade aconteceu no Cartório Eleitoral da cidade de Ouricuri na avenida Fernando Bezerra, onde foram diplomados de uma só vez os eleitos e suplentes dos municípios de Ouricuri, Santa Filomena e Santa Cruz, pois os três municípios integram a 82° junta eleitoral.


O juiz eleitoral Dr. Carlos Matias dos Santos, resolveu diplomar todos de uma só vez, obedecendo a seguinte sequencia, Santa Filomena, “CLEOMATSON COELHO, VICE E VEREADORES” Santa Cruz ELIANE SOARES, VICE E VEREADORES e Ouricuri, RICARDO RAMOS, VICE E VEREADORES, também após a abertura do ato solene, ele preferiu solicitar que fosse quebrado o protocolo, devido o tempo e as condições de espaço físico, (aceito pelos presentes), ainda sugeriu a não execução o hino nacional brasileiro, a menos que alguém fizesse questão, quando a vereadora Adelúcia Cléia, pediu que fosse executado, o que ocorreu.



Ao meio-dia, todos os eleitos e suplentes estavam diplomados e agora aguardam a posse no dia 1 de janeiro de 2017.
Fonte e fotos: (Blog do Emanoel Cordeiro)
Da Redação do Blog Paulo Benjeri
PUBLICIDADE

quinta-feira, 1 de dezembro de 2016

Novos concursados de Ouricuri são empossados nesta quinta-feira (01)


Prefeitura dá posse aos aprovados do Concurso Público de Ouricuri e prefeito reafirma homologação de agentes de saúde e endemias.

Após a posse dos primeiros aprovados que apresentaram suas documentações em um primeiro momento, ocorrido no prédio do prédio do Cerest, no centro da cidade, nesta quinta-feira, 01 de dezembro, os demais aprovados tomam posse solenemente na quadra poliesportiva da escola municipal Dr. José Coriolano Sobrinho. São em torno de 400 aprovados que assinam nessa data os seus termos de posse para começar a atuar a partir do próximo dia 15 de dezembro de 2016.
A quadra esteve tomada pelos novos funcionários da prefeitura de Ouricuri e aguardaram com muita expectativa, o pronunciamento do prefeito e assinatura dos termos de posse.
Presentes a solenidade, na mesa das autoridades, o prefeito Cezar de Preto, o secretário de administração Jaíson Bezerra, de obras, Agamenon Neto, de educação, Franklin Aquino, de agricultura, Juvenal Costa, o procurador geral do município, o advogado Agripino Júnior, além dos vereadores Iran Severo e Everaldo, assim como a presidente do Sindsep de Ouricuri, a professora Expedita,(Didi).
O vereador Iran Severo, da bancada de oposição, parabenizou os concursados e enalteceu o concurso realizado pelo prefeito Cesar de Preto, segundo as próprias palavras do vereador, realizado com lisura.
Fonte: (Emanoel Cordeiro)
Da Redação do Blog Paulo Benjeri
PUBLICIDADE

Sucederá amanhã em Ouricuri a diplomação dos candidatos eleitos e suplentes de Santa Cruz, Santa Filomena e Ouricuri


Acontecerá amanhã dia 02 de dezembro do corrente ano às 8:00hrs a diplomação dos candidatos eleitos nas eleições de 2016 para prefeito e vereadores, a solenidade será no Cartório Eleitoral da cidade de Ouricuri no sertão de Pernambuco, cabe ressaltar que serão diplomados os eleitos e suplentes dos municípios de Ouricuri, Santa Filomena e Santa Cruz, uma vez que esses três municípios pertencem a 82° junta eleitoral.
Fonte: (Blog Paulo Benjeri)
Da Redação do Blog Paulo Benjeri
PUBLICIDADE

Aborto até o terceiro mês não é crime, decide STF


A maioria dos ministros da primeira turma do Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu na terça-feira (29) que não é crime o aborto até o terceiro mês de gestação ao revogar a prisão preventiva de cinco profissionais de uma clínica ilegal em Duque de Caxias (RJ). A decisão não é vinculante para casos semelhantes, mas é a primeira vez que o Supremo debate a descriminalização de maneira abrangente — e não somente em casos de bebês anencéfalos.
Os ministros Roberto Barroso, Rosa Weber e Edson Fachin votaram pela revogação da prisão porque consideraram a criminalização do aborto até o primeiro trimestre incompatível com direitos fundamentais previstos na Constituição.
Segundo Barroso, a criminalização viola diversos direitos fundamentais da mulher. “Os direitos sexuais e reprodutivos da mulher, que não pode ser obrigada pelo Estado a manter uma gestação indesejada; a autonomia da mulher, que deve conservar o direito de fazer suas escolhas existenciais; a integridade física e psíquica da gestante, que é quem sofre, no seu corpo e no seu psiquismo, os efeitos da gravidez; e a igualdade da mulher, já que homens não engravidam e, portanto, a equiparação plena de gênero depende de se respeitar a vontade da mulher nessa matéria”, diz o voto do ministro Barroso.
Os ministros Marco Aurélio Mello e Luiz Fux votaram somente pela revogação da prisão preventiva com base na ausência de risco para a ordem pública, a ordem econômica, a instrução criminal — sem abordar a questão da criminalização.
Em seu voto, Barroso afirmou ainda que o impacto da criminalização é maior sobre as mulheres pobres. “É que o tratamento como crime, dado pela lei penal brasileira, impede que estas mulheres, que não têm acesso a médicos e clínicas privadas, recorram ao sistema público de saúde para se submeterem aos procedimentos cabíveis. Como consequência, multiplicam-se os casos de automutilação, lesões graves e óbitos”, disse ele.
A possibilidade de aborto para mulheres infectadas pelo vírus Zika deve ser julgada pelo plenário do Supremo, composto por todos os onze ministros, em dezembro. A questão foi levada à Corte em uma Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI) da Associação Nacional dos Defensores Públicos (Anadep), que questiona as políticas públicas do governo federal na assistência a crianças com microcefalia, malformação provocada pelo vírus. (Agência Brasil)


Fonte: (Agência Brasil)
Da Redação do Blog Paulo Benjeri
PUBLICIDADE

Temer sanciona lei que torna vaquejada patrimônio cultural do Brasil


O presidente Michel Temer sancionou a Lei 13.364, que reconhece a vaquejada e o rodeio como patrimônios culturais imateriais e manifestações da cultura nacional. A sanção, publicada na edição desta quarta-feira (30/11), acontece quase dois meses após a proibição à prática da vaquejada, decidida no dia 6 de outubro pelo Supremo Tribunal Federal (STF).
De acordo com a maioria dos ministros do STF, a vaquejada causa sofrimento nos animais e, portanto, fere os princípios de preservação do meio ambiente presentes na Constituição. Mesmo com o reconhecimento trazido pela nova Lei, a regulamentação da vaquejada ainda deve ser debatida no tribunal, que pode manter ou encerrar a proibição da atividade.
De autoria do deputado Capitão Augusto (PR-SP), a Lei 13.364 foi analisada com caráter de urgência no Senado no começo de novembro. A velocidade no processo aconteceu graças à solicitação do senador Otto Alencar (PSD-BA). Na época, Alencar disse que foi um erro o STF proibir a vaquejada sem antes ouvir o setor.
A proposta foi apoiada por senadores nordestinos, como José Agripino (DEM-RN) e Roberto Muniz (PP-BA). Segundo Agripino, as condições para a prática da vaquejada estão melhores que no passado, com plantões de veterinários e uso de rabos artificiais.
Já senadores que se opuseram na época, como Antonio Anastasia (PSDB-MG) e Marta Suplicy (PMDB-SP), argumentaram que essa Lei em nada mudaria a tramitação da regulação da vaquejada no STF e ainda citaram relatórios do Conselho Federal de Medicina Veterinária (CFMV) contrários à vaquejada.


Fonte: (Farol do Araripe)
Da Redação do Blog Paulo Benjeri
PUBLICIDADE

quarta-feira, 30 de novembro de 2016

Aprovada na Câmara dos Deputados proposta que pune juízes e promotores por abuso de autoridade


A Câmara dos Deputados aprovou na madrugada desta quarta-feira (30) a proposta apresentada pelo líder do PDT, Weverton Rocha (MA), que propõe punir o abuso de autoridade praticado por magistrados e membros do Ministério Público (MP). O argumento dos parlamentares para a aprovação da medida foi que não poderia se admitir no país mais “privilégios a ninguém”. Em votação nominal, a emenda ao pacote anticorrupção foi aprovada por 313 votos a favor, 132 contrários e cinco abstenções. “Essa emenda permite que todos se comportem dentro da lei”, disse o líder do PCdoB, Daniel Almeida (BA).
A deputada Clarissa Garotinho (sem partido-RJ) citou a prisão de seu pai, o ex-governador Anthony Garotinho, como “caso emblemático” de abuso de poder. “Hoje foi com Garotinho, amanhã pode ser com qualquer um.”
Só DEM, PSDB, PROS e PHS liberaram suas bancadas. PPS, Rede, PV e PSOL orientaram voto não por considerem o tema inadequado para votação para não causar constrangimentos aos investigadores da Operação Lava Jato.
Vai parecer uma retaliação ao Judiciário e aos membros do Ministério Público”, pregou o líder da Rede, Alessandro Molon (RJ). “É um erro, é inoportuno”, acrescentou o deputado Carlos Sampaio (PSDB-SP), criticando tal votação “na calada da noite”.
Relator
O relator do projeto, Onyx Lorenzoni (DEM-RS), foi contrário à proposta e foi vaiado no plenário. Para constrangê-lo, o deputado Arthur Lira (PP-AL), chegou a mostrar um áudio onde Onyx defendia a aplicação de crime de responsabilidade para magistrados e membros do Ministério Público no período de análise do pacote na comissão especial.
Pela emenda apresentada, magistrados podem ser enquadrados por abuso de autoridade em pelo menos oito situações, entre elas, se “expressar, por qualquer meio de comunicação, opinião sobre processo pendente de julgamento”. A pena prevista é de seis meses a dois anos de prisão e multa.
Já no caso dos membros do Ministério Público, eles podem responder pelo crime se, entre outros motivos, promoverem a “instauração de procedimento sem que existam indícios mínimos de prática de algum delito”. Além da “sanção penal”, o procurador ou promotor poderia estar “sujeito a indenizar o denunciado pelos danos materiais, morais ou à imagem que houver provocado”


Fonte: (Veja/Estadão)
Da Redação do Blog Paulo Benjeri
PUBLICIDADE

Senado aprova em primeiro turno PEC dos Gastos Públicos


O plenário do Senado concluiu no início da madrugada desta quarta-feira (30) a votação, em primeiro turno, da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 55, que estabelece um limite para os gastos públicos pelos próximos 20 anos. A PEC ainda precisa ser analisada em segundo turno, previsto para 13 de dezembro. O texto-base da proposta já havia sido aprovado na noite desta terça (29), mas, para concluir a votação, os senadores precisavam analisar três destaques (sugestões de alteração ao texto), que acabaram todos rejeitados. Um deles, por exemplo, excluía os investimentos em saúde e em educação do teto.
Por se tratar de uma proposta de mudança na Constituição, a proposta, para ir a segundo turno, precisava ser aprovada por pelo menos três quintos dos parlamentares (49 dos 81) e recebeu 61 votos (14 senadores foram contra) – saiba como cada senador votou.
Concluída a análise em primeiro turno, a PEC deverá ser analisada em segundo turno no próximo dia 13 de dezembro – no qual também precisará do apoio de, ao menos, 49 senadores.
Durante a sessão desta terça, a medida foi criticada por senadores que fazem oposição ao Palácio do Planalto. Os oposicionistas chamaram o texto de “PEC da maldade” porque, na visão deles, a proposta vai “congelar” os investimentos em saúde e educação.
Inicialmente, somente os líderes partidários encaminhariam os votos, mas o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), deixou que todos os senadores inscritos pudessem discursar na fase de encaminhamento.
Embora tenha sido aprovada por 61 votos a 14, a PEC recebeu menos votos que o previsto pelo líder do governo no Congresso, Romero Jucá (PMDB-RR), que previa até 65 votos favoráveis à proposta.
Regras
A proposta estabelece que, nas próximas duas décadas, as despesas da União (Executivo, Legislativo e Judiciário e seus órgãos) só poderão crescer conforme a inflação do ano anterior. Já para o ano de 2017, o texto institui que o teto de gastos corresponderá à despesa primária – que não leva em consideração os juros da dívida pública –, corrigida em 7,2%. Nos demais anos de vigência da medida, o teto corresponderá ao limite do ano anterior corrigido pela inflação medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA).
Pelo texto da PEC, se um poder ou órgão desrespeitar o limite de gastos sofrerá, no ano seguinte, algumas sanções, como ficar proibido de fazer concursos ou conceder reajustes.
O texto permite, por exemplo, que um poder extrapole o teto. No entanto, nessa hipótese, será necessária a compensação do gasto excedente por outro poder. Inicialmente, os investimentos em saúde e em educação entrariam no teto já em 2017, mas, diante da repercussão negativa da medida e da pressão de parlamentares da base, o governo concordou que essas duas áreas só se enquadrarão nas regras a partir de 2018.
Ficam de fora do alcance da proposta as transferências constitucionais a estados e municípios, além do Distrito Federal, os créditos extraordinários, as complementações do Fundeb, gastos da Justiça Eleitoral com eleições, e as despesas de capitalização de estatais não dependentes.
A PEC permite que, a partir do décimo ano de vigência do teto, o presidente da República envie um projeto de lei para mudar a forma de correção do limite.
Tentativa
Contrários ao texto, senadores da oposição apresentaram emendas (sugestões de alteração) à proposta para que a população fosse consultada para a PEC passar a valer. Eles também queriam que o pagamento dos juros da dívida pública também respeitasse limites. A oposição também tentou retirar do teto os investimentos nas áreas de saúde e educação, mas, em menor número, não conseguiu promover mudanças na proposta. Todas emendas foram rejeitadas.
Relator da proposta, o líder do PMDB no Senado, Eunício Oliveira (CE), defende em seu parecer que, sem a imposição do teto, a dívida da União entrará em uma trajetória insustentável. 


Fonte: (G1-Brasília/foto reprodução)
Da Redação do Blog Paulo Benjeri
PUBLICIDADE

terça-feira, 29 de novembro de 2016

Baterista de Safadão quebra celular no rosto da cantora Márcia Fellipe


      A cantora de forró Márcia Fellipe foi agredida pelo marido Rod Bala, produtor musical e baterista de Wesley Safadão. O rapaz é conhecido no meio da música como R10 e, ao descobrir traição da esposa com um dos dançarinos da banda, ficou furioso e quebrou um celular no rosto de Márcia, segundo informações do colunista Leo Dias.
A cantora deve passar por uma cirurgia para reparar os ferimentos. Por conta da agressão, Marcia teve que cancelar sua agenda de shows, que incluía apresentações em Pinheiro, Campestre e Bernardo, no Maranhão.
     A equipe da moça seguiu para o México para gravar o clipe da música "Virou ex, perdeu a vez". O dançarino, pivô da traição, não viajou.

Fonte: (Exú Noticias) 
Da Redação do Blog Paulo Benjeri

Reviravolta: Prefeito eleito de Moreilândia terá mandato eletivo impugnado diz advogado Dr. Nasário Bento


       As eleições do município de Moreilândia, ainda não chegaram ao fim, isto porque os palanques foram remontados depois que o prefeito eleito João Angelim Cruz teve seus direitos políticos cassados pelo Tribunal de Justiça do Estado do Pernambuco.      O prefeito eleito foi condenado pelo crime de peculato previsto do art. 312 do Código Penal, a decisão transitou em julgado e não cabe mais decisão. Com isso, segundo o advogado de Carlos Bezerra, Dr. Nasário Bento, o mandato eletivo do candidato será impugnado.       "Estamos adotando todas as providências para que o Tribunal Regional Eleitoral tome ciência da decisão do Tribunal de Justiça e impeça alguém quem tem os direitos políticos suspensos assuma a cadeira de prefeito do município de Moreilândia"👀, informou o advogado. (Dr. Nazário Duarte Bento Advogado.)
 Fonte: (Exú Noticias) 
Da Redação do Blog Paulo Benjeri

Líder da oposição de Santa Cruz e vereadores eleitos Participaram de uma reunião nesta segunda(28/11) em Recife-PE no Encontro Estadual Do PMDB

👇
     Mesmo depois do triste resultado das ultimas eleições em outubro de 2016 para a oposição do município de santa cruz o grupo vem mostrando que se mantem unido e forte os representantes da oposição do município se deslocaram ate Recife para participar do Encontro Estadual do PMDB Em busca de parceiros na Capital Pernambucana Recife para a promoção de melhorias e desenvolvimento para o município.     A preocupação de Pe. Paulo Sérgio, e os vereadores eleitos, Naldo Amaral e Carlos Romeiro em buscar melhoras para o município mostra o compromisso com a população é também uma forma de dizer que a oposição mais do que nunca está unida e presente no município, Geandro(PMDB) Vereador eleito em Santa Filomena Também participou do encontro.👍👀
👉Fonte: (Blog Paulo Benjeri)👈
Da Redação do Blog Paulo Benjeri
                                                                    👇

Boa noticia: Chuvas evitam nova redução de vazão do Rio São Francisco


O registro de chuvas na bacia do rio São Francisco nos últimos dias foi o motivo para a manutenção da vazão atual do chamado rio da integração nacional no reservatório de Sobradinho, na Bahia. A decisão foi anunciada nesta segunda-feira (28.11), durante reunião de avaliação dos efeitos da vazão reduzida, promovida em Brasília (DF), pela Agência Nacional de Águas (ANA), e transmitida por videoconferência para os estados da bacia. Há algumas semanas, quando foi autorizada a redução da defluência, a programação era para uma vazão de 750 metros cúbicos por segundo (m³/s) a partir do dia 21, na semana passada, chegando a 700m³/s a partir de hoje.
A equipe técnica da Companhia Hidrelétrica do São Francisco (Chesf) apresentou um relatório com fotos sobre a vistoria no Baixo São Francisco, para avaliar os efeitos da defluência de 750m³/s durante a primeira semana da medida. De acordo com a apresentação, houve o registro de banco arenoso emergindo nas proximidades da cidade de Juazeiro (BA) e presença de retroescavadeiras para garantir a captação de água para a Companhia de Abastecimento de Sergipe (Deso), entre outros reflexos.
TRÊS MARIAS
Por outro lado, também devido às chuvas, a defluência no reservatório de Três Marias, em Minas Gerais, será reduzida paulatinamente, até atingir o patamar de 165 m³/s. Durante a reunião, técnicos do Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden) contestaram a informação veiculada em órgãos de comunicação de que há previsão do fenômeno La Niña na bacia do São Francisco. De acordo com as informações passadas, a precipitação será muito pequena, motivo pelo qual não dá para classificar como o fenômeno.
Durante a reunião da ANA também houve apresentação dos cenários previstos para o ano de 2017. Conforme os técnicos da área, a expectativa é de que o nível de armazenamento no reservatório de Sobradinho varie entre 9% e 12% e em Três Marias, entre 20% e 28%. Com isso, o cenário aponta que, com a vazão variando entre 800m³/s e 700m³/s em 2017, em dezembro do próximo ano o nível de armazenamento representará 10% da capacidade do reservatório.
Nova reunião para discutir o tema está marcada para a segunda-feira da próxima semana (5.12), a partir das 10h, igualmente transmitida por videoconferência.
Fonte: (Assessoria de Comunicação do CBHSF) 
😀Da Redação do Blog Paulo Benjeri🙌
PUBLICIDADE

Todos os direitos reservados Blog Paulo Benjeri © Copyright 2013

Veja também.